o nome deste blog era VIAJANDO PELO MUNDO, mas fiz tantas postagens sobre comidas e restaurantes que resolvi mudar o nome, se vc frequenta este blog , as informações sobre viagens esta no blog www.tambemqueroir.blogspot.com

o nome www.remacaroca.blogspot.com, surgiu entre amigos.........vamos fazer um blog sobre nossa futura viagem, ja que um mora no rio de janeiro, outro em recife, outro na italia e outra na irlanda ficou as iniciais, por idade, do mais velho ao mais jovem RE gina MA riza CA cau,ROsalvo CAmila.....
agora nao dá para mudar, ou melhor, eu nao sei fazer isso rsrsrsr.....................
Errar é humano. Vadiar é parisiense.

Victor Hugo

13 de abr de 2010

cidade escolhida, concordam ?


Karlovy Vary 


















Karlovy Vary é uma das mais famosas cidades termais de toda Europa. Sediada na República Tcheca em meio a Boêmia ocidental, às margens do rio Tepla e há 140 kms de Praga, recebe turistas do mundo inteiro, notadamente os russos, que procuram ali o alívio e a cura proporcionados pelas águas medicinais.
A região da Boêmia, que se estende desde a fronteira com a Baviera e a Saxônia, é essencialmente uma zona de termas. A concentração de nascentes de águas minerais que aqui existem é ímpar no mundo e são excepcionais pela variedade da sua composição química e consequente escala de efeitos fisiológicos e terapêuticos que possuem.
As águas termais afloram à superfície por 12 mananciais desde profundidades de 2.000 a 2.500 metros, e a temperaturas entre 41 graus e 72 graus centígrados. O maior e mais quente deles é o manancial Sprudel, com um volume de dois metros cúbicos por minuto e a uma temperatura na superfície de 72 graus. Há ainda a fonte Vridlo, um gêiser que lança jatos d’água à 17 metros de altura. As águas têm efeitos curativos sobre o sistema nervoso, circulação sangüínea e nas glândulas de secreção interna e muitas celebridades, como o czar russo Pedro o Grande ou famosos nomes como o poeta Johann Wolfgang von Goethe comprovaram os efeitos curativos das fontes locais.
Karlovy Vary, que em tcheco significa “Fervedor de Carlos”, foi fundada em 1350, a mando do Rei Carlos IV e está inserida numa romântica paisagem montanhosa, onde numerosos caminhos florestais percorrem as encostas arborizadas.
Além das águas termais, Karlovy Vary é também conhecida pela fina porcelana e pelo cristal Moser, um dos mais famosos e tradicionais do mundo, também chamado de “Cristal dos Reis”. Outro produto célebre da cidade é o licor Becherovka, considerado o "décimo terceiro manancial de Karlovy Vary” e elaborado a base de ervas pelo farmacêutico Josef Becher em 1807, que desde então é consumido em todo o mundo.
A arquitetura da cidade é uma beleza à parte. Encravada nas encostas que rodeiam o vale, estão as magníficas construções do século XIX, que mesclam art nouveau e art decò numa mistura única que representa a identidade visual do lugar.
A comunidade russa tem uma representatividade enorme na cidade, tanto que todas as placas também estão escritas em russo e há vôos diários entre Karlovy Vary e Moscou. Além disso, existe ali um belo exemplar da igreja ortodoxa russa, com suas cúpulas douradas sobressaindo na paisagem. Trata-se da Igreja de São Pedro e São Paulo, construída no século XIX.
A cidade possui eventos de grande porte, como é o caso do Festival Internacional de Cinema (Mattoni), que ocorre desde 1949 sem qualquer interrupção e também os festivais de Dvorak e de Jazz, eventos estes que combinam perfeitamente com a magia da cidade.
A cidade, que por todo o exposto acima, já é imperdível, torna-se ainda mais convidativa no que tange à infra-estrutura turística. A oferta de hotéis é enorme e cada um possui seu charme especial. No topo da lista estão os tradicionalíssimos Pupp, Carlsbad Plaza e Savoy Westend, verdadeiros palácios recheados de sofisticação e requinte... um luxo para poucos (dos quais infelizmente não estou incluída!! rs).
O passeio à Karlovy Vary pode ser feito em um dia, mas é corrido. Se for possível, passe uma noite na cidade e desfrute ainda mais deste incrível lugar. Se for ainda “mais” possível, esbalde-se em um dos charmosos hotéis mencionados acima e sinta-se como um verdadeiro monarca tcheco! 
http://www.viaggio-mondo.com

3 comentários:

  1. Podemos deixar essa por ultimo, pois estaremos tão exaustos , que ficaremos nas aguas maravilhosas para descansar e voltar sem precisar tomar dorilax.rsrsrsrsr
    Eu eu Re sabemos o que é andar horas e horas feitos loucas.
    bjs
    Mariza

    ResponderExcluir
  2. OK
    essa será a ultima cidade, para se recuperar nas aguas termais rsrsrsrsr

    ResponderExcluir
  3. Rê,

    Seus posts teem estão maravilhosos.
    Concordo com Mariza.
    Precisamos dessa cidade ao final, pois aí recarregaremos a bateria para a volta!

    Bjs

    Cacau

    ResponderExcluir