o nome deste blog era VIAJANDO PELO MUNDO, mas fiz tantas postagens sobre comidas e restaurantes que resolvi mudar o nome, se vc frequenta este blog , as informações sobre viagens esta no blog www.tambemqueroir.blogspot.com

o nome www.remacaroca.blogspot.com, surgiu entre amigos.........vamos fazer um blog sobre nossa futura viagem, ja que um mora no rio de janeiro, outro em recife, outro na italia e outra na irlanda ficou as iniciais, por idade, do mais velho ao mais jovem RE gina MA riza CA cau,ROsalvo CAmila.....
agora nao dá para mudar, ou melhor, eu nao sei fazer isso rsrsrsr.....................
Errar é humano. Vadiar é parisiense.

Victor Hugo

3 de mai de 2010

Budapeste


andei conversando com Luciana e Claudio, e eles me disseram que vale a pena,alugar um carro e ir a Budapeste, ja que estaremos em Praga.......disse que é bem perto, e barato, ela vai dar os endereços de hostel e restaurantes.

Ela disse que a comida lá é maravilhosa.......
este blog devia se chamar

COMENDO PELO MUNDO    rsrsrsrsrsr

Lindo portão lateral do Castelo Buda


Comendo e se divertindo em Budapeste

ALIMENTAÇÃO:
Em Budapeste se come muito bem, embora já não tão barato quanto nos anos de dominação soviética. Você certamente terá um sentimento de culpa por estar comendo demais e com calorias em excesso. A Hungria tem a melhor culinária do Leste Europeu Experimente pratos à base de páprica, especialidades de caça e ganso, mais saboroso que o pato e mais farto que o frango. Outros pratos da culinária húngara incluem Halászlé (sopa de peixe com páprica) e Jokai Bableves (sopa de feijão). Sopas e massas estão entre as especialidade locais.Como aperitivos não há como esquecer os salames húngaros, famosos em todo o mundo.E de sobremesa experimente as imbatíveis tortas de maças ou os crepes (Palacsinta) também ótimos. 
Evite: Bares e restaurantes pega-turistas. Há muitos deles, caros e ruins, nas proximidades das grandes atrações.
Os  vinhos húngaros são muito famosos e apreciados mundialmente. Os tokaji (diz-se tokai) são excelentes e os da região de Villány são muito exportados para toda a Europa. Para acompanhar sua refeição você pode escolher entre os ótimos vinhos locais ou experimentar as cervejas húngaras, como a Kobanyai e Dreher.
De lembrança gastronômica, você pode trazer potes de páprica ou um bom vinho húngaro. Existem 22 áreas de vinícolas na Hungria, sendo que as de Tokaj e as de Eger estão entre as mais conhecidas. De Eger vem, por exemplo, o Egri Bikavér (sangue de boi de Éger). Dizem que em 1552 a cidade foi cercada pelos turcos durante um mês. Os inimigos se assustaram com a força dos húngaros e diziam que estes provavelmente bebiam sangue de boi.
Restaurantes:1) Remiz   , em Buda (Budakeszi utca, 5, Tel.: 394-1846), típico2)     Pratos abundantes do ótimo Fatâl (Vaci utca, 67, Tel.: 266-2607). Em ambos, é bom fazer reserva ou esperar na fila durante a alta temporada. O Fatâl fica num porão.  Os pratos por lá saem em média por 2000HUF, mas são deliciosos e a grande maioria deles são enormes, dando para dividir. O Goulash de carne é delicioso
3)    Arany Bárány
 (significa Ovelha de Ouro), na Harmindac utca, 4, Tel.: 317-2703, que tem um excelente figado de ganso grelhado com maçã e batatas enroladas. Também fica num porão.4)     Entre os endereços mais baratos, o Kispipa, na Akácfa utca, 38, Tel.:342-2587, é dos mais populares5)     Na parte alta da cidade, Buda, o restaurante Rivalda (Szinház utca, 5, Tel.:489-0236) fica ao lado do Palácio Real e ocupa um belo espaço que convida a longas refeições.6)     Restaurante Duo Magyaros Étteren localizado no subsolo da rua Vaci Ut 15. É um ambiente agradável, decorado com bom gosto, atendido por  garçons atenciosos e com comida ótima. Experimente o Goulash.7)     Se estiver passeando pelo castelo de Buda e chegar a hora do almoço aproveite para conhecer o restaurante Sissi, localizado na principal rua de comércio, na área interna das muralhas. Seu nome é em homenagem à Elizabeth, soberana do império Austro-Húngaro. É meio caído, mas ainda tradicional. Parece a Imperatriz o frequentava.8)     Para uma refeição rápida e (bem) barata no distrito do Castelo, experimente oFortuna Önkiszolgáló (I Hess András tér 4). Lembra um bandejão, com as pessoas em fila em frente a um balcão com as comidas (depois, cada um leva o prato vazio até um balcão na cozinha). A refeição é boa e variada, e uma vantagem é que você vê o que vai comer antes de pedir, já que os nomes dos pratos do dia, escritos em um quadro, não ajudam.
Cafés:1)     A mais famosa doceria da cidade é a tradicionalíssima Gerbeaud que funciona desde 1858 na Praça Vörösmarty (inventora, entre outras, da imperdível dobostorte)

2)     Próximo a Basílica de São Estevão, tem o famoso Café Central, Avenida Kárului Mialy útka 9 funciona desde 1887. O Café Central (Central Kávehaz) é outro dos grandes endereços de Budapeste. No passado foi ponto de encontro de intelectuais e jornalistas, vocação que recuperou depois de remodelado. Vale a visita: Károlyi Mihály utca, 9.3)     Outros café famososo: Café New York, com doces deliciosos. O Café New York , apesar do nome, também é original do século 19 e tido como uma das mais belas confeitarias do mundo. Para entrar é preciso pagar ingresso, dedutível do montante consumido. Fica na Avenida Erzsébet, 9, próximo à Ópera.
BARES e NOITE:
- Para os mais jovens, há uma área cheia de bares ao redor da Praça Mikszáth Kálmán,também recentemente restaurada. Experimente o Frank Zappa Café (bem em frente à praça) ou o vizinho Darshan Udvar, mistura de bar, loja de CDs, produtos naturais e roupas arrojadas.
- Vá  ainda ao Budda Beach, uma das melhores baladas da vida, na beira do Danúbio, lugar lindo, tem um buda gigante dourado em cima da cabine do DJ e incrível. 
COMPRAS:
Se você quer fazer compras à maneira ocidental, saiba que Budapeste está cercada de shopping centers no mais perfeito estilo americano.
Na verdade, exceto por artigos típicos (cerâmicas, bordados e porcelanas Szolnay e Herend), há poucas compras interessantes. Temperos, artigos de cozinha, embutidos, vinhos tokaji e o aguardente vilmos e doces com marzipan fazem parte dessas exceções.1)     maior Shopping Center da cidade atende pelo nome pouco húngaro de West End. 2)     A rua do grande comércio é a Váci utca, no centro da cidade, um calçadão para pedestres. 3)     Mas se você busca artesanato de boa qualidade, o melhor lugar é Szentendre (quer dizer Santo André), um vilarejo antigo e repleto de artesãos nos arredores da capital (não perca!). 


http://blogs.abril.com.br/bigtrip/2008/11/comendo-se-divertindo-em-budapeste.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário